sexta-feira, 2 dezembro, 2022
Início Notícias Saúde Após prefeitura levar golpe, Rondonópolis perde 12 leitos de UTIs para pacientes...

Após prefeitura levar golpe, Rondonópolis perde 12 leitos de UTIs para pacientes de Coronavírus

RONDONÓPOLIS – Após a divulgação de que a Prefeitura de Rondonópolis adquiriu 12 aparelhos respiradores falsificados (ventiladores pulmonares – adulto, pediátrico e neonatal – dixtal 3012), em um prejuízo de R$ 4 milhões, a cidade ficará com déficit de 12 UTIs para pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

Isso porque Prefeitura pretendia já ter instalado 22 leitos aos fundos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas, até agora, devido ao golpe que levou de uma empresa da cidade de Palmas (TO), só tem 10 leitos de UTIs instalados.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Isalba Alburquerque, o Município está fazendo gestão junto ao Ministério da Saúde para conseguir dez quites com respiradores.

“Desde o começo da pandemia estamos na busca de respiradores para a compra e conseguimos inciar um processo para adquirir 22 aparelhos de uma empresa do estado do Tocantins por meio de um vendedor da cidade Goiânia, a quem já tínhamos confiança. O combinado foi a entrega em duas etapas, primeiro os dez que foram entregues e são verdadeiros. E depois os outros dois, que quando foram entregues pareciam verdadeiros, mas depois constatamos a fraude”, disse a secretária.

Após a fraude ser descoberta, a secretária acionou a polícia e, posteriormente, a justiça, que ainda conseguiu bloquear cerca de 70% dos mais de R$ 4 milhões pagos pelo Município, via transferência bancária, à empresa do Tocantins.

Confira a matéria completa clicando aqui.

Por A Tribuna/ Foto – Roberto Nunes/A Tribuna.