terça-feira, 9 agosto, 2022
InícioNotíciasDestaquesDupla de estelionatários tem prisão decretada em Canarana

Dupla de estelionatários tem prisão decretada em Canarana

CANARANA – Com a crescente demanda investigativa de crimes de estelionato com prejuízos que ultrapassam R$ 100.000 em alguns casos, a Polícia Civil precisou inovar nos métodos de produção de provas.

Investigador Chefe da PJC de Canarana Valdivino Vital; Foto – OP.

Como a modalidade criminosa ocorre sem emprego de violência e com efetiva colaboração da vítima, que é induzida a acreditar estar realizando uma transação confiável, era muito difícil conseguir a prisão dos autores. Mas, na semana passada, a Polícia Civil de Canarana-MT conseguiu junto ao Judiciário que uma dupla tivesse prisão preventiva decretada.

Entenda o caso

O Boletim de Ocorrência foi registrado por uma vítima, que relatou ter sido induzida a acreditar estar falando com um funcionário do banco que possuía conta.

De acordo com o investigador Chefe, Valdivino Vital, que conduziu as investigações, o caso é típico de emprego de engenharia social, já que o criminoso cria um enredo fazendo a vítima acreditar que está sendo ajudada, quando na verdade está sendo levada a consumar uma transação que resultará em transferência de valores de sua conta para o fora da lei.

LEIA MAIS – Autor de homicídio em Pernambuco é preso em Canarana

De acordo com o Investigador, a Polícia Civil tem buscado aprimorar as ferramentas investigativas e, nesse caso, a colaboração de delegacias de outros estados foi primordial para demonstrar que os criminosos não agiram somente em Canarana.

Os golpes estão se tornando cada vez mais elaborados, com os criminosos utilizando estratégias que dificultam inclusive seu monitoramento, vez que não usam mais, em alguns casos, celulares para efetivar a comunicação.

Conforme Valdivino, a dica é “fique atento e priorize o atendimento presencial quando tiver problemas ou desconfiar de alguma transação indevida em sua conta. Não abra links ou faça procedimentos orientados por alguém que diz ser do seu banco”.

O pedido de prisão foi realizado pelo delegado de Canarana, Dr. Deuel Santana. A Polícia Civil empreenderá esforços para que a dupla seja presa e possa então identificar os demais integrantes do esquema criminoso.

Por OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.