terça-feira, 23 julho, 2024
17.2 C
Canarana
Início Notícias Destaques MT é o 6° estado com a melhor renda média por pessoa...

MT é o 6° estado com a melhor renda média por pessoa no Brasil, diz IBGE

A renda média mensal de quem trabalha em Mato Grosso é de R$ 3.427,53. O valor é o 6° melhor se comparado aos valores pagos em outros estados do Brasil, conforme os dados divulgados pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), nessa quinta-feira (20).

  • Calculadora do g1 mostra discrepância salarial entre homens e mulheres; veja sua área de atuação

Segundo a pesquisa, a média salarial do país ficou um pouco acima do registrado em Mato Grosso, com R$ 3.542,19. A pesquisa também mostra que a região com o maior salário médio foi a Centro-Oeste, com R$ 3.941,54, seguida pelo Sudeste, que registrou uma média de R$ 3.841,47.

Renda média mensal de quem trabalha em Mato Grosso é de R$ 3.427,53 — Foto: Divulgação/ Governo do Estado de São Paulo

O levantamento foi feito com base no Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) de 2022, que reúne dados de empresas e seus empregados, inclusive salários, excluindo apenas os empresários enquadrados como Microempreendedor Individual – MEI.

O IBGE reuniu os salários do pessoal ocupado assalariado das empresas de cada área de atuação, separando por gênero, e calculou a média salarial de cada um.

Confira abaixo os 10 estados com as maiores rendas do Brasil:

  1. Distrito Federal – R$5.902,12
  2. Amapá- R$ 4.190,94
  3. São Paulo – R$ 4.147,84
  4. Rio de Janeiro – R$ 3.986,80
  5. Rio Grande do Sul – R$3.478,06
  6. Mato Grosso – R$ 3.427,53
  7. Acre – R$ 3.359,27
  8. Mato Grosso do Sul – R$ 3.352,24
  9. Santa Catarina- R$ 3.333,88
  10. Paraná – R$ 3.333,49

Cenário nacional

Em 2022:

  • Na área de Saúde humana e serviços sociais, as mulheres eram 2.549.522 e ganharam um salário médio de R$ 3.069,17, enquanto os homens eram 860.499 e ganharam um salário médio de R$ 3.794,81;
  • Na área de Educação de ensino médio, as mulheres eram 838.455 e ganharam um salário médio de R$ 3.985,91, enquanto os homens eram cerca de 337.549 e ganharam um salário médio de R$ 4.218,73;
  • No grupo de Atividades imobiliárias, as mulheres eram 100.470 e ganharam um salário médio de R$ 2.694,88, enquanto os homens eram 88.429 e ganharam um salário médio de R$ 3.171,52.

O salário médio das mulheres foi de R$ 3.241,18 em 2022, 17% menor que o dos homens, de R$ 3.791,58.

Os únicos três grupos em que as mulheres receberam salários médios maiores que os dos homens foram:

  • Organismos internacionais e outras instituições territoriais, com elas ganhando R$ 9.018,70, 47,7% a mais que os R$ 4.717,09 deles;
  • Construção, com elas ganhando R$ 3.381,12, 17,9% a mais que os R$ 2.776,09 deles;
  • Indústrias extrativas, com elas ganhando R$ 6.791,76, 6,8% a mais que os R$ 6.328,57 deles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.