sábado, 25 maio, 2024
15.7 C
Canarana
Início Notícias Destaques Um mês do adeus de um Pioneiro de Canarana: Celso Puntel -...

Um mês do adeus de um Pioneiro de Canarana: Celso Puntel – Por suas filhas

CANARANA – No último dia 26 de novembro de 2021, em Boston, nos Estados Unidos, faleceu o pioneiro de Canarana – MT, Celso Leonardo Puntel, aos 81 anos. Um mês após seu falecimento, suas filhas Débora e Mayllara, através das redes sociais, fizeram um emocionante relato sobre a vida e os anos finais do pai.

Celso chegou à região que viria a se tornar Canarana em setembro de 1972. Passou a maior parte de sua vida na região, sendo que nos últimos três anos, estava nos Estados Unidos, onde moram as filhas, para cuidar da saúde. Abaixo, na íntegra, confira o relato das filhas e um fotos que relatam um pouco de sua história:

O nosso pai foi um grande homem… e com um coração ainda maior! A humildade, a honestidade, a simplicidade, o jeito carinhoso, a paciência, o profissionalismo se preocupando com cada detalhe do que fazia, e a amizade com todos…. fazia dele um homem de muito valor.
Ele deixou muito amor, lindas lembranças, importantes ensinamentos e a marca eterna de um pai amoroso, mas acima de tudo ele deixa tanta saudade que tempo algum será capaz de aliviar.
A dor em nossos corações é tão grande que não existem palavras para mensurar este sentimento.

Apesar da dor, é com amor e gratidão nos despedimos. Vá com Deus, pai amado!

Celso Puntel e sua família chegaram em Canarana em Setembro de 1972. Sendo a sétima família a chegar na ainda pequena vila, foi ele quem construiu o sonho dos primeiros moradores desta cidade, fazendo as primeiras casas de alvenaria da cidade.

Em 2011 ele recebe da Prefeitura de Canarana, o certificado de Moção de Reconhecimento por ter contribuído com a história do Município, motivo de muito orgulho para ele, que era um amante desta cidade que escolheu para viver até quase o fim de sua vida. Ali construiu sua “casinha de bonecas”, cercada de balaústres que ele desenhou e fez um a um com amor e detalhes coloridos que mostram ainda hoje a alegria que ele tinha em viver ali. Ele era um amante das flores e elas se mantém vivas para lembrarmos dele em cada flor que ali continuar florescendo. Detalhes únicos de um homem que prezava pelo capricho, cuidado e amor em tudo que fazia.

Nos últimos três anos estava morando nos EUA (entre Boston e Washington – DC), com as filhas Débora e Mayllara onde teve todo o cuidado e amor que merecia. Ele também era um amante da leitura, gostava muito de história e geografia. Viajou o mundo através dos livros e conhecia muito da história, geografia e política mundial.
Nos EUA teve a oportunidade de conhecer muitos lugares e histórias que o deixavam encantado. Entretanto, o sonho dele era voltar para a sua casinha em Canarana, voltar a passear com sua bicicleta vermelha (como bom Colorado que era) e rever os grandes amigos que ali deixou. Ele descansou com esta esperança acesa em seu coração.

Nos EUA ele fez o tratamento para o câncer de esôfago (quimio e radioterapia), sendo curado.
Porém, depois de 2 anos e meio ele teve o triste diagnóstico de câncer de pulmão e metástase cerebral. Damos graças a Deus porque em nenhum momento o nosso pai teve dor, Deus o levou de forma tranquila e com muita dignidade.

Celso deixa as filhas Débora e Mayllara, as irmãs Gisela e Zilda, sobrinhos e sobrinhas e muitos, muitos bons amigos.
Deixa também a ex-esposa Selmira, que mesmo sendo divorciados há muitos anos, cuidou dele nestes últimos anos. Somos muito gratas a nossa mãe por este amor incondicional em nosso favor. Agradecemos a todos por tudo que fizeram pelo nosso pai, principalmente as queridas famílias Raimar e Margarete Glienke, Odair e Anita Bigueline, Arlindo, Silvia Cancian, Marilei Bier, Maria, Ana e Danilo, Drika e Alemão, Elton e Marlize, Madelaine, Sr. Manoel, Sr. Raimundo, tio Danilo, Ferreira do taxi, Lima, Quinca e Enio Haas, Paulinho da Farmacia, Liane e Serginho, os irmãos da Igreja Adventista, e tantos outros que eu não mencionei os nomes mas estão nos nossos pensamentos e somos eternamente agradecidas por tudo e tanto que fizeram por ele.

Temos o conforto na esperança do reencontro pois acreditamos na promessa que Jesus voltará e vamos reencontrar nossos amados.

“Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou.”
Apocalipse 21:4″

___

A este colonizador, nós, do OPioneiro, deixamos nosso muito obrigado por ter ajudado a construir nosso município, com desejos que Deus conforte o coração de todos os familiares e amigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.