sexta-feira, 24 maio, 2024
27.6 C
Canarana
Início Notícias Destaques Devido aos atoleiros, governador decreta situação de emergência na MT-170

Devido aos atoleiros, governador decreta situação de emergência na MT-170

Após reunião no Palácio Paiaguás, na manhã deste sábado (08.04), o governador Mauro Mendes decretou situação de emergência na MT-170, antiga BR-174:

1.  A ação vai facilitar a aquisição de material para a recuperação da rodovia entre os municípios de Castanheira e Juruena;

2.  Neste sábado, existem dois pontos de atoleiros nesse trecho, sendo apenas um crítico, na região próximo ao restaurante Salada de Fruta;


3. A Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra) trabalha no local em parceria com as empreiteiras contratadas para fazer o asfalto da rodovia e com as prefeituras de Juruena, Cotriguaçu, Juína, Castanheira, Aripuanã e Colniza, para garantir o tráfego na região, com máquinas e equipamentos, desde o início do período chuvoso;

4. Apesar da lentidão para transpor esse atoleiro, a pista nunca ficou interditada. As máquinas garantem a travessia dos caminhões e veículos nos dois sentidos, não havendo interrupção do trânsito. O trecho fica paralisado apenas durante a chuva;

5. Equipes da Defesa Civil Estadual, da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, além da Segurança Pública e prefeituras, realizam uma força-tarefa para entrega de alimentos e água potável para os caminhoneiros, que estão na fila de espera para passar pelos atoleiros;

6.  Nenhum município da região está com problemas de abastecimento de alimentos ou combustíveis;

7.  Vale lembrar que as chuvas continuam nesse trecho, que registra em média 130 milímetros por dia;

8. Importante destacar também que o governo assumiu em junho de 2022 a rodovia, que era de competência federal. Desde então, já realizou a licitação e as empresas para asfaltar a MT-170 estão contratadas, aguardando o fim do período chuvoso para dar início a obra.

Por Secom MT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.