sexta-feira, 9 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Em ascensão na região, Canarana sediou treinamento da prova de Três Tambores

Em ascensão na região, Canarana sediou treinamento da prova de Três Tambores

CANARANA – A prova dos Três Tambores nasceu no Texas, Estados Unidos, na década de 40 do século passado. Caracterizada pela técnica de contornar três tambores no menor tempo possível, a modalidade é dominada pelas mulheres e vem tendo um grande crescimento nos últimos anos no Brasil.

Na região de Canarana – MT, esse esporte também está em ascensão, com a abertura de ranchos que trabalham com a modalidade, além do aumento de competidores e de competições. No último final de semana, o Rancho Rafaely, em Canarana, sediou um curso de Três Tambores, com o renomado professor Ismael Sanches, do estado de São Paulo.

Participaram do treinamento, praticantes e professores de Canarana, Gaúcha do Norte, Querência, Água Boa e Nova Xavantina. O evento, que aconteceu nos dias 18, 19 e 20 de setembro, contou com aulas práticas, teóricas, além de palestras com profissionais do Indea e do Ministério da Agricultura.

O professor Ismael Sanches, que trabalha com cavalos há quase 40 anos, disse que, na opinião dele, hoje o Brasil ultrapassou os Estados Unidos nos Três Tambores. “A cada ano aumenta o número de competidores em todos os estados, tem leilão toda semana, tem aumentado a quantidade de provas. Vemos bastante pistas cobertas, inclusive no Mato Grosso. Hoje o Brasil está na frente”, disse Sanches.

Rancho Rafaely, de Canarana, sediou um curso de Três Tambores, com o renomado professor Ismael Sanches, do estado de São Paulo.

A proprietária do Rancho Rafaely, Eliane Faitão, concorda com Ismael. “Há bem pouco tempo, quando se falava em Três Tambores, era algo pequeno, mas esse esporte vem crescendo, o pessoal está investindo em animais e o conhecimento desse treinamento vai agregar muito para todos nós aqui da região”, disse.

LEIA MAIS – Cresce uso de placas solares em Canarana

Conforme Eliane, muitos treinam para competição, mas outros apenas por esporte. “Canarana tem muitos praticantes jovens e, quando eles vão embora para fazer faculdade, os animais ficam. Quando eles vem passear, voltam a praticar, como lazer. É um esporte muito família, um ambiente muito saudável”, explica Faitão, que trabalha no rancho com aulas de equitação, atendendo crianças a partir de quatro anos.

Três Tambores

A prova do Três Tambores é geralmente realizada com cavalo da raça Quarto de Milha. A atividade exige muito treinamento para evitar quedas e penalizações. Os tambores ficam cerca de 30 metros de distância um do outro e formam uma linha imaginária no formato de um triângulo, a derrubada de cada tambor pune a atleta em cinco segundos acrescidos ao tempo final.

LEIA MAIS – A origem da prova de Três Tambores

Após o trajeto, as competidoras são avaliadas pelo juiz da prova, que faz a contagem do tempo de forma eletrônica a partir do momento em que o focinho do cavalo passa pelo sensor de partida. A atividade tem como regra uma volta de 360º, em volta de cada tambor, sendo a primeira volta da esquerda para direita e as demais no sentido contrário.

Por OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.