segunda-feira, 5 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Cresce uso de placas solares em Canarana/MT

Cresce uso de placas solares em Canarana/MT

Em quatro anos, número de Unidades Consumidoras (UC) que dispõem de placas solares em Canarana/MT aumentou consideravelmente. Até o final do ano de 2016 o município contava apenas com uma (1) unidade consumidora com placa solar. Já no ano de 2020, Canarana passou a contar com 139 UCs que detém placas solares.

Para se ter uma ideia do crescimento, no ano de  2018, 20 unidades consumidoras passaram a ter painel solar no município. Entretanto, foi em 2019 que houve o maior crescimento, ao todo 105 unidades consumidoras começaram a dispor de painéis solares. Conforme, Vanir Heinen, sócio-proprietário da HZ Informática, o crescimento pode estar relacionado ao aumento do consumo de energia e redução no preço dos equipamentos. 

O surgimento de linhas de crédito específicas para a instalação de placas solares, têm facilitado para aqueles que não possuem economias suficientes para adquirir. Segundo Diego Neves, gerente regional de desenvolvimento da Sicredi Araxingu, a linha de crédito da cooperativa específica para esse financiamento surgiu no final de 2018, o que influenciou bastante no aumento de unidades consumidoras detentoras de um sistema fotovoltaico próprio. O aumento do valor das contas de energia e também do consumo, têm levado às pessoas a procurarem pela energia fotovoltaica devido à viabilidade econômica e ser uma energia que gera menos impactos ambientais.

Em 2020 já foram instaladas placas solares em mais 13 unidades consumidoras. Segundo Vanir, durante a pandemia a demanda por placas solares continuou crescendo. Portanto, agora, 139 UCs fazem uso de energia fotovoltaica no município. Entre elas, 74 são de uso residencial, 42 de uso comercial, 15 da classe rural e 8 da classe industrial. Quando um consumidor utiliza bastante energia, acaba se tornando mais econômico o uso de energia fotovoltaica. 

Conforme dados da Sicredi Araxingu, já foram realizadas 476 operações de crédito para aquisição de equipamentos de energia solar em toda sua área de ação até agosto de 2020, sendo 136 em Canarana/MT. Dessa forma, o número de operações de crédito em Canarana correspondem a cerca de 28% do total de financiamentos realizados em toda a cooperativa. Em relação ao aumento da demanda por energia fotovoltaica, Diego Neves acredita que o aumento também está relacionado ao “fomento que o Sicredi tem feito na região”. Segundo Diego, Canarana possui empresas que vendem placas fotovoltaicas, “mas algumas cidades não tem quem vende. Então, o Sicredi acaba sendo o precursor de levar esses sistemas ao conhecimento dessas pessoas, como em Cocalinho/MT, Santa Terezinha/MT e Alto Boa Vista/MT”.

Atualmente, Canarana possui 35 e 62 unidades consumidoras com placas solares a mais que Água Boa/MT e Querência/MT, respectivamente. No município de Água Boa/MT, há placas solares em 104 unidades consumidoras, sendo 58 de uso residencial, 34 da classe comercial, 8 classe rural e 4 classe industrial. Já Querência/MT conta com um total de 77 UCs com painéis solares, sendo 46 residenciais, 21 comerciais e 10 rurais. 

Por Vitória Kehl Araujo, para o OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.