segunda-feira, 8 agosto, 2022
InícioNotíciasDestaquesEm Canarana, mais de 140 B.O.s já foram registrados por golpe no...

Em Canarana, mais de 140 B.O.s já foram registrados por golpe no Auxílio Emergencial

CANARANA – A Polícia Judiciária Civil de Canarana – MT já registrou mais de 140 ocorrências, de vítimas de possível golpe no auxílio emergencial de R$ 600,00, disponibilizado pelo Governo Federal como medida de apoio econômico frente a pandemia do novo coronavírus.

Os registros de fraude no município se somam a milhares de outros registros em todo o país. Os boletins de ocorrência estão sendo registrados tanto pela delegacia virtual, quanto de forma presencial. Conforme apontado, na maioria dos casos, o cidadão só se dá conta que sofreu um golpe quando comparece à agência da Caixa Econômica para sacar o benefício e percebe que não possui mais o saldo.

Marcelo Camargo Agência Brasil caixa tem
Foto: Marcelo Camargo – Agência Brasil

Como funciona o golpe:

Na maioria dos casos registrados, não só em Canarana, como em todo o país, os estelionatários usam de um formulário para conseguir do usuário do aplicativo Caixa Tem, o número do CPF e a senha numérica de seis dígitos. Os criminosos, ainda, em algumas ocasiões, identificaram que muitas pessoas usavam a própria data de nascimento como senha, o que facilita a ação.

Uma vez que tenham o acesso ao app, os golpistas alteram a conta de destino da parcela do Auxílio Emergencial ou, como ocorre de forma mais comum, fazem compras com o cartão de débito virtual. O golpe acontece no intervalo de tempo entre o depósito do benefício e a data em que o saque é liberado.

Como se prevenir:

Para evitar que o golpe do auxílio aconteça, a Polícia e a Caixa Econômica recomendam que o usuário, primeiramente, crie uma senha forte para o aplicativo do Caixa Tem, sem que contenha dados óbvios que facilitem a ação dos criminosos, como a data de aniversário. Ainda, é orientado que o cidadão nunca forneça informações pessoais a ninguém e em caso de dúvidas sobre o uso do App, que o mesmo procure a Caixa Econômica. Por fim, é orientado que os usuários tenham o cuidado de somente usar os canais oficiais para o benefício, como o site, aplicativo IOS e aplicativo Android do Caixa Tem.

Cai no golpe e agora?

A Caixa Econômica Federal recomenda que as vítimas de fraude procurem uma agência para formalizar a contestação do uso indevido do Auxílio Emergencial. 

Se a fraude for comprovada, o beneficiário receberá o dinheiro de volta. “Sempre que detectada suspeita de crime, a Polícia Federal é acionada e recebe todas as informações para as investigações e intervenções necessárias”, informou a Caixa em comunicado à imprensa.

Por OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.