sexta-feira, 2 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Mensageiro e relógio, sino da igreja luterana já tem 21 anos de...

Mensageiro e relógio, sino da igreja luterana já tem 21 anos de história

CANARANA – A cada badalada, séculos de tradição são relembrados e um momento importante do dia é anunciado. O soar do sino da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil de Canarana – MT é quase onipresente em toda a cidade e hoje dita o momento, inclusive, de saída do trabalho.

Os primeiros sinos em igrejas remontam ao século V d.c, embora à registros de sinos usados na região onde hoje é a China, há cerca de 4 mil anos. Considerado um mensageiro, o equipamento serviu ao longo dos anos para diversos fins, ajudando a escrever a história. Em  8 de Julho de 1776, por exemplo, foi um sino que convocou os cidadãos da cidade americana de Filadélfia para a leitura da Declaração da Independência dos Estados Unidos.

Igreja IECLB Canarana
Igreja IECLB Canarana

O sino da igreja Luterana em Canarana, localizada à margem da praça Siegfried Roewer (praça do avião), também já tem sua própria história. A ideia do dispositivo veio dos próprios membros da comunidade, quando relembravam o soar dos sinos nas igrejas em suas cidades natais, na região sul do país. Em agosto de 1998 a comunidade se propôs a colocar a ideia em prática.

O custo somente do sino (sem contar da estrutura da torre), na época foi de R$ 10.415,00, algo que se corrigido para os dias atuais, ultrapassa os R$ 50 mil. Conforme relatou Osmar Dieter, que ficou encarregado do projeto na época, o sino foi fabricado por uma empresa de Timbó-SC e uma equipe especializada esteve em Canarana na época para realizar a instalação.

Igreja IECLB Canarana 2
O Sino aguarda o por do sol para anunciar o fim do dia.

A primeira vez que o sino soou, foi puxado a corda, pelos padrinhos do equipamento, os casais Olívio e Renata Gnadt e Egídio e Ella Schmidt, no dia 31 de dezembro de 1998. Alguns anos após o primeiro badalar, o sino rachou. O equipamento foi desmontado, levado de volta a fábrica e concertado, para depois ser re-instalado, definitivamente de forma eletrônica.

Aliás, curiosidade revelada por Dieter é que o Sino foi fabricado para ter uma nota musical específica. “Eu lembrei que na cidade de onde eu vim lá do sul, Giruá – RS, o sino que tocava era em Mi+ e eu pedi pra eles fazerem na mesma nota”. A mistura de metais e grossura das paredes do sino dão a nota desejada. Osmar salienta, contudo, que nunca testou para ver se o sino veio com a nota certa.

Nos quase 22 anos de soar, já foram incontáveis badaladas. Servindo como uma espécie de relógio local, o sino da Igreja hoje toca todos os dias às 06h, 12h e 18h. Fora de horário o sino só toca para início e final de cultos, casamentos ou quando um membro da comunidade falece, cumprindo seu papel milenar de mensageiro.

Por OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.