segunda-feira, 5 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Em meio a onda de demissões, Canarana, Água Boa e Querência mantém...

Em meio a onda de demissões, Canarana, Água Boa e Querência mantém saldo positivo na criação de empregos

CANARANA – Com a perda de empregos sendo registrada tanto no Brasil, quanto em Mato Grosso, por conta da pandemia, três municípios do Vale do Araguaia estão com saldo positivo na relação contratações/demissões de trabalhadores com carteira assinada, conforme dados divulgados nesta semana pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

No mês de abril, foram fechadas 11.531 vagas em Mato Grosso, deixando o saldo do primeiro quadrimestre de 2020 negativo, com o fechamento de 681 vagas. Em abril do ano passado, o Estado encerrava o primeiro quadrimestre com a abertura de 10.887 vagas.

No Brasil todo foram fechadas 860.503 vagas de trabalho em abril, sendo o pior resultado em 29 anos para o mês. De janeiro a abril de 2020, houve o fechamento de 763.232 mil vagas em todo o País na relação contratações/demissões.

Apesar do resultado negativo a nível nacional e estadual, em Canarana o saldo do quadrimestre está positivo, com a criação de 69 novas vagas de emprego com carteira assinada, apesar do resultado negativo em abril, quando houve o fechamento de 36 postos.

Também estão com saldo positivo em 2020 os municípios de Água Boa (52) e Querência (185). Já Nova Xavantina (-198), Barra do Garças (-133) e Confresa (-01), estão com saldo negativo na relação.

Manutenção de empregos

O saldo só não é pior no Brasil, porque desde o dia 1º de abril, data da edição pelo governo federal da Medida Provisória 936/2020, que criou o Programa Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, foram preservados mais de 8,1 milhões de empregos no País. Em Mato Grosso foram preservados 43.999 empregos.

O programa prevê que os trabalhadores que tiverem jornada reduzida ou contrato suspenso, receberão o Benefício Emergencial de Preservação da Renda e do Emprego (BEm).

Por O Pioneiro, com informações do Diário de Cuiabá; Foto – Arquivo OP.