domingo, 2 outubro, 2022
Início Notícias Destaques “MPE é apolítico; não é oportuno se posicionar contra Bolsonaro”

“MPE é apolítico; não é oportuno se posicionar contra Bolsonaro”

CUIABÁ- A pré-candidatura da promotora de Justiça Elisamara Sigles Vodonós Portela ao cargo de procuradora-geral do Ministério Público de Mato Grosso mexeu com os bastidores da disputa dentro do órgão.

Promotora de Justiça Elisamara Sigles Vodonós, que entrará em disputa pelo comando do MPE; Foto – Divulgação.

Enquanto alguns ainda se articulam para a eleição, marcada para dezembro, Elisamara surpreendeu ao divulgar na última semana um comunicado se lançando na disputa.

LEIA MAIS – MPE pede suspensão de leis que flexibilizam porte de arma em 22 cidades de MT, entre elas Canarana

Em entrevista ao MidiaNews, ela afirmou que sempre gostou de deixar claro as suas pretensões e, a decisão de disputar um cargo tão importante, como de procurador-geral de Justiça, não seria diferente.

Se eleita, ela será a primeira mulher a comandar o Ministério Público Estadual.

Apesar de não se colocar como pré-candidata da oposição, Elisamara se disse contrária aos posicionamentos políticos dados pelo atual procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges, contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

“O MPE tem que ser apartidário e apolítico. O MPE é vedado de se filiar com qualquer partido político. Eu não acho oportuno um posicionamento acerca do chefe da nação”, disse ela.

Leia os principais trechos da entrevista clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.