segunda-feira, 15 julho, 2024
28.8 C
Canarana
Início Notícias Destaques MT é o 2º estado que mais demora para concluir análises de...

MT é o 2º estado que mais demora para concluir análises de pedidos de benefícios do INSS

    CUIABÁ – Mato Grosso é o segundo estado que mais demora para concluir as análises de pedidos de benefício da previdência social no ranking nacional. Os dados são do Boletim Estatístico da Previdência Social (BEPS), referente a maio deste ano.

    Sede do INSS em Cuiabá — Foto: TVCA/Reprodução

    Os dados apontam que Mato Grosso leva, em média, 127 dias para conceder o benefício, atrás apenas de Tocantins, que demora 140 dias.

    O estado que conclui os requerimentos em menor tempo é São Paulo, que leva 70 dias.

    Tempo médio de conclusão de análise de pedidos benefícios em MT
                                          (em dias)

    Fonte: Boletim Estatístico da Previdência Social (BEPS),

    O boletim também aponta que 25,5 mil pessoas estão com o requerimento de benefício do INSS parado por causa de alguma pendência da própria instituição e metade está na fila de espera por mais de 45 dias.

    Além disso, 7,6 mil processos estão parados por pendências dos segurados.

    Nesses casos, os pedidos ainda não foram concluídos, deferidos, nem indeferidos e aguardam documentos ou informações extras.

    Esses benefícios pagos pela Previdência Social aos segurados incluem os casos de doenças, acidentes do trabalho, invalidez, morte ou idade avançada, bem como tempo de contribuição e o trabalho sujeito a condições especiais; a proteção à maternidade; salário-família e auxílio-reclusão; e as prestações assistenciais pagas às pessoas idosas ou portadoras de deficiência.

    Os benefícios são corrigidos anualmente segundo índice estipulado por leis ou medidas provisórias, sempre no mês em que o valor do salário mínimo é reajustado.

    Atualmente essa correção é feita pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado no ano, conforme produzido e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Em maio, foram concedidos 5.179 benefícios ao estado, o que corresponde um valor de R$ 7,5 milhões pagos.

    Por Kethlyn Moraes, G1 MT.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.