domingo, 27 novembro, 2022
Início Notícias Destaques Pistas deixadas em poema ajudam a achar cofre milionário nos EUA

Pistas deixadas em poema ajudam a achar cofre milionário nos EUA

    SÃO PAULO – Escondido há uma década nos EUA, um cofre de bronze repleto de moedas de ouro, joias e outros objetos de valor foi finalmente encontrado.

    O tesouro, cujo valor supera um milhão de dólares, foi enterrado pelo comerciante de arte, Forrest Fenn, em algum lugar das Montanhas Rochosas, em 2010.

    As pistas para encontrar o cofre foram compartilhadas na Internet e através de um poema de 24 linhas, que foi publicado no The Thrill of the Chase, autobiografia de Fenn.

    Segundo o autor, um homem, que preferiu não revelar seu nome, encontrou o tesouro há alguns dias. Para provar a descoberta, o cidadão enviou ao comerciante de arte algumas fotos do cobiçado cofre.

    “Estava debaixo de um dossel de estrelas na exuberante vegetação arborizada das Montanhas Rochosas e não havia sido movido do lugar onde havia sido escondido há mais de 10 anos. Não conheço a pessoa que encontrou, porém o poema do meu livro o levou ao lugar exato”, comunicou Fenn em seu site.

    Milhares de pessoas buscaram o tesouro em lugares remotos do oeste norte-americano ao longo de uma década. Diversas pessoas chegaram a abandonar trabalho para se dedicar exclusivamente à busca pelo tesouro.

    Ao menos cinco pessoas morreram tentando encontrar a fortuna, sendo que a fatalidade mais recente ocorreu em março, quando Michael Sexson, de 53 anos, faleceu, conforme o tabloide Daily Mail.

    Foi reportado por Dal Neitzel em seu site oficial que o tesouro de Forrest Fenn de US$ 2 milhões foi encontrado.

    Segundo Fenn, o valioso tesouro foi escondido como uma forma de tentar fazer com que as pessoas vivenciassem a natureza, além de dar a oportunidade de participar de uma aventura inesquecível, que seria a busca pelo tesouro.

    O comerciante afirmou que tem diferentes reações em relação à descoberta do cofre.

    “Não sei, me sinto meio feliz, meio triste pela busca ter terminado”, compartilhou o homem de 89 anos.

    Em 2017, Fenn compartilhou detalhes do tesouro, informando que o cofre de bronze pesava nove quilos, enquanto o conteúdo pesava dez quilos. O tesouro conta com moedas raras e pepitas de ouro, estátuas de animais pré-colombianas, “espelhos” pré-históricos de ouro martelado, antigas esculturas chinesas esculpidas em jade e joias antigas com rubis e esmeraldas.

    Fonte br.sputniknews.com; Foto – Forrest Fenn/Addison Doty.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.