sábado, 13 abril, 2024
21.1 C
Canarana
Início Notícias Destaques Polícia Civil de Canarana conclui inquérito de latrocínio contra vendedora de roupas

Polícia Civil de Canarana conclui inquérito de latrocínio contra vendedora de roupas

CANARANA – A Polícia Civil de Canarana – MT, concluiu nesta sexta-feira (16) o Inquérito Policial que apura o crime de Roubo Seguido de Morte na forma Tentada, ocorrido em 09 de outubro.

A Polícia Civil de Canarana – MT, concluiu nesta sexta-feira (16) o Inquérito Policial que apura o crime de Latrocínio no município.
Caminhonete da vítima foi recuperada em Querência; Foto – Reprodução.

Mesmo sem muito tempo para produzir provas, a Polícia Civil conclui o procedimento demonstrando a autoria do latrocínio, indiciando o responsável, que, com emprego de violência e arma de fogo, subtraiu a camionete da vítima, dinheiro, celulares, relógio e cartões.

LEIA MAIS – Dois assaltos a mão armada em Canarana – Suspeito foi preso em Querência e veículo recuperado

A Polícia Civil teve acesso a dados bancários em que restou demonstrado que o autor do crime, após atirar na vítima e deixá-la no mato em área rural de Canarana, se dirigiu para Querência – MT, onde fez compras com o cartão roubado, que chegam ao montante aproximado de R$ 3.000,00.

Para o delegado de Polícia Dr. Deuel Santana, o caso, embora tenha sido complexo, contou com a colaboração da Polícia Civil de Pernambuco, estado de origem do autor, que auxiliou em sua identificação. Naquele estado, o indivíduo possuía envolvimento em crimes de elevado potencial ofensivo.

No dia do crime (09), a Polícia Civil conseguiu produzir informações importantes através do Núcleo de Inteligência de Água Boa – MT, que revelaram ter o autor embarcado em um ônibus na cidade de Ribeirão Cascalheira – MT e desembarcado no entroncamento de Canarana, onde a vítima o aguardava para concluir a venda de roupas, já que, atua como autônoma no ramo de confecções.

Em sua fala à Polícia Civil, a vítima disse já conhecer o autor e que já havia vendido roupas para ele duas vezes. No dia do crime, o indivíduo se passou por outra pessoa, a convencendo a efetuar a entrega das roupas encomendadas no entroncamento. Na posse do autor do crime, a vítima viveu momentos de medo, sob constantes ameaças de morte.

Além deste crime, o indivíduo responde por outros dois latrocínios ocorridos recentemente na cidade de Ribeirão Cascalheira. Evidências indicam ter sido inclusive utilizada a mesma arma de fogo.

Por OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.