terça-feira, 6 dezembro, 2022
Início Notícias Gerais Sema retira 240 metros de redes de pesca proibidas no rio Araguaia

Sema retira 240 metros de redes de pesca proibidas no rio Araguaia

CONFRESA – A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) retirou 240 metros de redes do Rio Araguaia, no último sábado (4) e domingo (5), na região nordeste de Mato Grosso.

O rio passou por fiscalizações durante o fim de semana e em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá , a Secretaria se uniu à Polícia Militar para orientar turistas e pescadores sobre a proibição de atividades turísticas na região de acordo com um decreto municipal.

Durante a patrulha fluvial, foram retirados 170 metros de redes do rio.

Em outro trecho do rio, que fica em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, a Sema retirou 70 metros de redes.

A rede é considerada um dos instrumentos de pesca predatória mais nocivos aos estoques pesqueiros, tendo em vista que o apetrecho retira uma grande quantidade de uma só vez. Nela, os peixes ficam presos em suas malhas devido ao seu próprio movimento.

Segundo o último relatório da Sema, em três meses – de outubro do ano passado, a janeiro deste ano -, foram apreendidas 156 redes e 29 tarrafas.

Fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores devem seguir as regras determinadas por lei estadual, que estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, fisga, gancho, substâncias tóxicas, entre outros.

As regras no estado também proíbe a captura, comercialização e transporte das espécies Dourado e Piraíba.

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à ouvidoria da Sema pelo telefone 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281- 4144.

Por Araguaia Notícia; Foto – Sema/MT.