sexta-feira, 12 agosto, 2022
Início Notícias Destaques Suspeito com passagens por tráfico é preso com "super maconha" em Barra...

Suspeito com passagens por tráfico é preso com “super maconha” em Barra do Garças

BARRA DO GARÇAS – Em Barra do Garças (509 km de Cuiabá), durante a Operação Ostensividade Total, policiais da Força Tática e do Comando de Ação Rápida (CAR) prenderam no final da tarde de sexta-feira (04) um suspeito por tráfico de droga.

Em Barra do Garças, policiais da Força Tática e do Comando de Ação Rápida prenderam seis pacotes de Skank, a chamada “super-maconha”.
Seis pacotes da chamada super maconha embalada em sacolas plásticas transparentes; Foto – Força Tática/CAR.

Na casa dele, no bairro BNH, foram apreendidos seis pacotes de Skank, a chamada “super-maconha”, um tablete de 2,5 quilos de maconha comum prensada, pouco mais de R$ 100, entre outros materiais. Os policiais estavam em patrulhamento na região quando foram informados sobre um suposto ponto de venda de droga e quando se aproximaram do endereço já sentiram o forte odor característico do entorpecente.

LEIA MAIS – Drogado furta fios de cobre de algodoeira e usa trator da empresa para transportar até a cidade

Todavia, o suspeito tentou fugir ao notar a presença das equipes da Força Tática e CAR. Saltou muros de casas, passou sobre telhados e até uma cerca elétrica, mas acabou cercado e preso.

O estoque que ele mantinha atualmente poderia lhe render cerca de R$ 40 mil. Ele e a droga foram entregues na Central de Flagrante da Polícia Judiciária Civil. Conforme narrativa dos policiais, em datas anteriores o suspeito já havia sido preso pelo mesmo crime de tráfico de droga.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Por Alecy Alves/Secom-MT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.