sábado, 13 abril, 2024
29 C
Canarana
Início Notícias Destaques AMEX lança projeto de pavimentação da MT-427, estrada sentido Canarana

AMEX lança projeto de pavimentação da MT-427, estrada sentido Canarana

GAÚCHA DO NORTE – Quem transita de Gaúcha do Norte sentido Canarana já tem se deparado com estacas pintadas de branco e fixadas na lateral da rodovia estadual, a MT-427. Esse é o início de mais um grande sonho para Gaúcha do Norte, encabeçado pela AMEX – MT-129, a pavimentação asfáltica de Gaúcha até a ponte do rio Culuene.

MT-427; Imagem – Reprodução.

Durante entrevista ao Gaúcha News, o presidente da AMEX, o produtor rural Wenner Oliveira, falou sobre os trabalhos e o projeto. “A AMEX decidiu juntamente com a diretoria, colaboradores e produtores, de fazer o projeto para pavimentação da MT-427, estrada que dá acesso a Canarana. Estamos com as obras de pavimentação da MT-129 sentido Paranatinga avançando para o final, se tudo ocorrer tudo dentro dos conformes e se todo mundo ajudar nas contribuições provavelmente esse ano terminamos nosso trecho. A MT Sul que terceirizou o trecho dela também deve terminar, e assim teremos a finalização dessa primeira ligação asfáltica para Gaúcha do Norte. E, já estamos lançando o segundo projeto de pavimentação, agora da MT-427”, contou.

O projeto de pavimentação se estende de Gaúcha até a ponte do rio Culuene, passando pelo desvio do Jacarézinho e totalizando 50km. “O produção do projeto já está em execução, vai ser finalizado até dia 30 de abril de 2024. As estacas já foram colocadas, a parte topográfica também já está sendo realizada e precisamos arrecadar os valores até final de abril para realizar o pagamento do projeto”, disse o presidente da Associação.

“O valor do projeto é de R$ 15 mil reais por quilômetro, totalizando R$ 750 mil reais. Para chegar a esse valor estamos buscando junto aos produtores, os munícipes, e todos aqueles que sempre tem colaborado com a Amex. Também estamos tentando parceria com o poder público, inclusive já estivemos reunidos com o prefeito Voney para apresentar o projeto e mostrar nossa iniciativa para juntos chegarmos a mais esse sonho, termos a pavimentação asfáltica por Canarana”, pontuou Wenner.

“Como é um processo bastante demorado para conseguir registrar junto à Sinfra e conseguir também esses recursos, decidimos dar o pontapé inicial que é o projeto. Depois, com o projeto da MT-427 finalizado, vamos buscar parcerias com os deputados, com a própria Prefeitura para fazer a solicitação dessa rodovia. Aí é cobrar e aguardar pelo processo, pode ser que demore 1, 2, 3 anos, a ideia é ter o projeto e colocar ele dentro da Sinfra. Porque sem estar lá dentro a gente não consegue participar das licitações e não tem chances de ter esse asfalto”, acrescentou o produtor.

Reunião com o prefeito Voney Rodrigues Goulart; Imagem – Reprodução.

Durante sua fala, o presidente da Associação pontuou sobre a importância da ligação asfáltica. “Esse projeto vai contemplar várias classes de nossa cidade, os munícipes de Gaúcha, de Nova Aliança que vão ficar a apenas 8km do asfalto, toda a classe produtora, não vai beneficiar apenas os produtores que estão em torno da MT. Como está sendo construída a FICO (Ferrovia de Integração do Centro-Oeste), vamos ter um porte seco em Água Boa, que vai ficar em torno de 250 km de nossa cidade. Hoje o porto seco mais próximo é Rondonópolis, que está há 450 km. Então vai ter uma contribuição muito grande para diminuir o valor do custo safra de cada produtor de nossa região. Além disso, a MT-427 é rota para o hospital, o município de referência em saúde mais próximo é Água Boa, é ambulância batendo para lá todos os dias. Então, acredito que esse também seja um dos motivos e dos apelos que vamos fazer junto ao Governo do Estado para que os representantes enxerguem o porque tanto precisamos dessa pavimentação”, finalizou o presidente da Associação.

Por Gaúcha News.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.