segunda-feira, 22 julho, 2024
20.1 C
Canarana
Início Notícias Destaques Canarana registrou 75 casos de violência doméstica no primeiro semestre de 2023

Canarana registrou 75 casos de violência doméstica no primeiro semestre de 2023

CANARANA – Representantes da sociedade civil organizada se reuniram na manhã de segunda-feira (11), em Canarana, no plenário do Tribunal do Júri, para debater a criação de uma rede de enfrentamento à violência doméstica.

Ena Emilia Iponema Sotero, coordenadora estadual da mulher vítima de violência doméstica; Foto – OP.

Estava presente a professora e advogada Ena Emilia Iponema Sotero, coordenadora estadual da mulher vítima de violência doméstica no âmbito do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que é referência quando o assunto é combate à violência contra a mulher.

LEIA MAIS – Policia Militar realiza prisão de suspeito por violência doméstica em Canarana

LEIA MAIS – Judiciário realiza reuniões para criar Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica

Conforme o juiz de direito da 1ª Vara da Comarca de Canarana, Conrado Machado Simão, de janeiro a junho deste ano, chegaram até a justiça local 75 casos de violência doméstica, ou seja, uma média de três por semana. Segundo o magistrado, menos da metade dos casos de violência chega ao conhecimento das autoridades, gerando o número de que em Canarana, acontece uma violência doméstica por dia, sendo que as maiores vítimas são as mulheres.

Reunião que debateu a criação de uma rede de enfrentamento à violência doméstica em Canarana; Foto – OP.

A rede de enfrentamento que será criada em Canarana, englobando os poderes constituídos e sociedade civil organizada, atuará tanto na conscientização do que é violência, quando no apoio às vítimas e também no trabalho de mudança de atitude do agressor.

Por Rafael Govari para OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.