domingo, 26 maio, 2024
Início Notícias Destaques Governo do Estado vai investir quase R$ 100 milhões na restauração da...

Governo do Estado vai investir quase R$ 100 milhões na restauração da MT-020 entre Canarana e Culuene

CANARANA – A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), lançou na segunda-feira (11) o edital da concorrência pública para contratação de empresa para a execução de obra de restauração completa da MT-020, no trecho de 100 km entre a cidade de Canarana e a região da vila do Culuene.

Construção do aterro da ponte sobre o Córrego Canastra na MT-020; Foto – OP.

A licitação vai acontecer no dia 26 de setembro e o valor estimado do investimento será de até R$ 93 milhões. O recurso virá do Fethab Commodities. O prazo para a execução dos trabalhos será de 450 dias, contados à partir da data de emissão da ordem de início pela Secretaria Adjunta de Obras Rodoviárias. A garantia é de cinco anos a partir da entrega da obra.

LEIA MAIS – Governo do Estado libera para o trânsito mais 50 km de asfalto em Querência e Gaúcha do Norte

Além da restauração completa dos 100 km, com uma camada de lama asfáltica sobre todo o trecho, o serviço contempla também a construção e pavimentação das cabeceiras de cinco pontes, sendo duas sobre o rio Sete de Setembro, duas sobre o córrego Canastra e uma sobre o rio Coronel Vanick, que já estão duplicadas.

Asfalto recém construído na MT-020 no trecho de 66 km que fica meio da rodovia; Foto-OP.

A MT-020 tem 266 km entre Canarana e Paranatinga. O trecho de 100 km a partir de Paranatinga está com obras de restauração em andamento. Outros 100 km a partir de Canarana devem iniciar após o processo licitatório, que somarão 200 km da via que serão recuperados. A rodovia encurta em 200 km o trajeto do Araguaia com Cuiabá.

Segundo apurado pelo OPioneiro, existe a possibilidade da concessão da MT-020 ser repassada para a iniciativa privada, que ficaria responsável por fazer a manutenção da via e não seja necessário novamente, no futuro, o Governo do Estado realizar um novo trabalho de restauração, devido ao constante fluxo de caminhões pesados que trafegam pela rodovia.

Por Rafael Govari para OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.