sexta-feira, 9 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Está definido: Escola Militar de Canarana iniciará em 2023 e será na...

Está definido: Escola Militar de Canarana iniciará em 2023 e será na Paulo Freire

CANARANA – O compromisso firmado pelo secretário de Educação de Mato Grosso, Alan Porto, no primeiro semestre desse ano, em Cuiabá, junto a representantes de Canarana, está sacramentado. A reportagem do OPioneiro ainda insistiu na pergunta se é uma possibilidade ou uma realidade. A reposta: não há mais retorno. O município terá uma unidade da Escola Militar Tiradentes em 2023 e será na Paulo Freire.

Reunião em Cuiabá para tratar da Escola Militar de Canarana; Foto – OP.

Quem diz isso é Glaucia Galvão Vieira, diretora do DRE (Diretoria Regional de Educação). Conforme Glaucia, todo o processo está em andamento para transformar a unidade escolar estadual em militar. A novidade é que além dos três anos do Ensino Médio, a escola vai ofertar também turmas de 7º, 8º e 9º Ano do Ensino Fundamental. Atualmente a Paulo Freire, que deverá mudar de nome, atende somente turmas do Ensino Médio.

Por ser um anúncio muito aguardado por toda comunidade escolar, muitos pais já estão procurando a escola para matricular seus filhos. Porém, existe um trâmite que será seguido e é importante prestar atenção. Primeiro será lançado o edital com as normas em setembro, provavelmente com inscrições em outubro e processo seletivo em novembro, para início do ano letivo já com a escola militar em 2023.

Secretário de Educação Alan Porto com o prefeito Fábio Faria; Foto – OP;

Mas antes disso, com prazo até 09 de setembro, é preciso que os pais dos alunos que atualmente estudam na escola, façam a rematrícula. Isso é necessário para que se saiba quantos alunos tem interesse em continuar estudando na unidade em 2023, pois estes terão prioridade nas vagas. A partir desse levantamento, a escola terá conhecimento do número de vagas extras, as quais serão ofertadas aos alunos externos através do processo seletivo.

Escola Estadual Paulo Freire; Foto – OP.

Como a Paulo Freire tem oito salas, serão ao todo 16 turmas, sendo oito no período da manhã e oito à tarde, divididos entre o 7º do Fundamental e o 3º do Médio. Cada turma deve abrigar em torno de 35 alunos. A ideia, conforme Glaucia, é nos anos seguintes construir mais salas para ampliar a oferta, conforme a demanda for aumentando.

Outra novidade é que, para os alunos do Ensino Médio que não quiserem estudar na escola militar, poderão migrar para a Norberto Schwantes, que passará a ofertar turmas dessa graduação. Atualmente o Ensino Médio público em Canarana é ofertado somente na Paulo Freire, mas como os alunos que não quiserem não podem ser obrigados a estudar na unidade militar, é preciso dar opção de escolha.

LEIA MAIS – Com trâmites superados, inscrições da Escola Militar de Canarana devem iniciar já em setembro

Como a Paulo Freire já é uma escola existente, a transformação dela em militar é mais rápida. Os professores continuarão os mesmos, o ensino será o mesmo, mas, basicamente, o que muda é que a direção fica a cargo de policiais militares. Para os alunos, além de uniformes e corte de cabelo padrão, são ensinados princípios militares, deixando assim o ambiente escolar mais disciplinado, o que reverte em uma maior qualidade do ensino.

Escola Militar Tiradentes; Foto – Wesley Rodrigues/Seduc-MT.

Ainda em setembro, acontecerá uma audiência pública com a comunidade para repassar mais informações. Ainda em 2022, uma reforma que vai abranger a ampliação do refeitório e outras melhorias, será executada na Paulo Freire pela Prefeitura de Canarana, num compromisso firmado pelo prefeito Fábio Faria e o secretário municipal de Educação – Eduardo Ferreira, com o Governo de Mato Grosso.

No início dos pedidos para a instalação da Escola Militar, os vereadores Sancler Santarém e Rafael Govari colheram dezenas de ofícios com entidades do município, demonstrando o interesse da comunidade na unidade. Diversas reuniões se seguiram, com o apoio e participação do prefeito, secretários e de todos os vereadores, sob a presidência de Paulinho Enfermeiro. O Governo do Estado percebeu o anseio, firmou o compromisso e Canarana terá Escola Militar em 2023.

Por OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.