sexta-feira, 2 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Ministério coloca xavantes e povos do Xingu como prioridades

Ministério coloca xavantes e povos do Xingu como prioridades

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, deverá definir, nesta quinta-feira (16), conjunto de ações visando o enfrentamento ao novo coronavírus nas aldeias do Parque Nacional do Xingu e também nas reservas dos índios xavantes, no Vale do Araguaia (Leste de Mato Grosso).Índios dançando na inauguração da Casai em 2011

O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva, durante audiência pública da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que analisa o combate à Covid-19.

Diante das fortes críticas dos parlamentares, Silva informou que deverá se reunir com equipes do Governo do Estado para montar um plano emergencial de contingência, com instalação de barreiras sanitárias para controlar entrada e saída de índios e não índios das reservas.

Também se comprometeu a dar solução para os problemas relacionados à falta de medicamentos, insumos e testes. Os números da Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde mostram 4.213 infectados e 216 óbitos.

Já a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), entidade da sociedade civil, informou quase 15 mil infectados e 501 mortes. Entre os Xavantes, números apontou que há mais de 200 infectados e 23 casos de óbito.

Ao confirmar a visita a Mato Grosso nesta quinta-feira, Robson da Silva detalhou a estrutura de atendimento, o trabalho das equipes multiprofissionais e a distribuição de mais de 800 mil itens de proteção.

Disse que a taxa de letalidade, de 2,2%, é menor do que entre os não indígenas, mas reconheceu a vulnerabilidade dos povos.

Fonte e matéria completa: Diário de Cuiabá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.