sexta-feira, 24 maio, 2024
15.7 C
Canarana
Início Notícias Destaques “MT está caminhando a passos largos para ter uma saúde muito melhor”,...

“MT está caminhando a passos largos para ter uma saúde muito melhor”, afirma promotor de Justiça

O promotor de Justiça Milton Mattos da Silveira Netto, da 7ª Promotoria de Justiça Cível de Tutela Coletiva da Saúde de Cuiabá, afirmou que Mato Grosso “está caminhando a passos largos para ter uma Saúde muito melhor”.

A declaração foi dada nesta quinta-feira (15.06), na VI Jornada de Direito da Saúde, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

“Parabenizo o governador Mauro Mendes. Eu acho que o Estado de Mato Grosso está caminhando a passos largos para ter uma saúde, um SUS [Sistema Único de Saúde], muito melhor do que existia anos atrás”, relatou.

Conforme o promotor, os investimentos feitos pelo Governo de Mato Grosso têm ajudado a resolver problemas estruturais na Saúde, fato que ajuda o Judiciário a resolver milhares de demandas.

“Em Mato Grosso, há um grande esforço na Saúde, com o Governo colocando dinheiro e acho que isso nunca existiu no estado de Mato Grosso. A nossa saúde está caminhando para frente”, registrou.

Entre os investimentos feitos pelo Governo do Estado estão as reformas e modernizações nos hospitais regionais e em todas as unidades estaduais de Saúde, além da construção de seis grandes hospitais: o Central e o Julio Muller, em Cuiabá, e os regionais de Alta Floresta, Confresa, Tangará da Serra e Juína.

A prioridade dada pelo Governo do Estado à Saúde pública também foi destacada pela chefe da Defensoria Pública de Mato Grosso, Luziane Castro.

De acordo com ela, hoje o estado “se preocupa com a melhoria e o bem-estar das pessoas”.

“Foi instituída a Fila Zero de cirurgias e temos uma premiação aos municípios que mais vacinam. São ações que estão acontecendo no macro e que mudam a vida das pessoas que mais precisam. E não só isso. Porque quando falamos de saúde, não é só fila de hospital, são ações preventivas, com construção de parques, de espaços de lazer, preocupação com saúde mental, enfim, há muita coisa envolvida”, completou.

Por Lucas Rodrigues | Secom-MT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.