segunda-feira, 6 fevereiro, 2023
Início Notícias Destaques Polícia Civil prende mulher que praticou latrocínio tentado em Barra do Garças

Polícia Civil prende mulher que praticou latrocínio tentado em Barra do Garças

    BARRA DO GARÇAS – Uma mulher foragida da Justiça pelo cometimento de latrocínio tentado ocorrido contra um taxista no município de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), foi presa pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). A investigada foi localizada na última sexta-feira (02.12).

    A suspeita teve a prisão preventiva decretada pela Comarca local, após investigação da Derf de Barra do Garças para apurar o roubo seguido de morte na modalidade tentada.

    Um homem foi preso pela Polícia Civil em Água Boa pela prática de tortura contra um adolescente, ocorrida na madrugada de domingo (30).
    Foto – Reprodução

    O crime ocorreu no dia 21 de outubro, quando um casal embarcou em um táxi na cidade de Aragarças (GO), com destino ao município de Barra do Garças. No entanto, ao chegar no bairro Novo Horizonte o casal praticou o roubo e ainda desferiu nove golpes de faca na vítima.

    Durante as investigações para esclarecer a ocorrência, os dois envolvidos foram identificados e tiveram os mandados de prisões representados pela Polícia Civil, e deferidos pelo Poder Judiciário.

    O homem foi preso pelos policiais civis na quinta-feira (01), e a mulher no dia seguinte (02). Em cumprimento às ordens judiciais ambos foram encaminhados para as respectivas unidades prisionais, onde permanecerão à disposição da Justiça.

    Conforme o delegado titular da Derf de Barra do Garças, Nelder Martins Pereira, a identificação e prisão dos suspeitos é a resposta dada pela Polícia Civil que trabalhou incessantemente na busca de solucionar esse bárbaro crime.

    Por Assessoria | Polícia Civil-MT.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.