terça-feira, 23 julho, 2024
16.3 C
Canarana
Início Notícias Destaques Polícia Civil prende pai e 2 filhos acusados de envolvimento no assassinato...

Polícia Civil prende pai e 2 filhos acusados de envolvimento no assassinato de jovem de Nova Xavantina

NOVA XACANTINA – A Polícia Judiciária Civil elucidou o crime de homicídio que vitimou o Jovem Divino Oliveira Lira e outras 3 tentativas de homicídio, ocorridos no dia 01/08/21, num local conhecido como Curvão, na Rodovia MT 251, que dá acesso à cidade de Campinápolis/MT.

Foto: Reprodução, AaraguaiaNoticia

O Jovem Divino encontrava-se na companhia de outras pessoas em uma festividade de som automotivo, quando um homem de aproximadamente 40 anos chegou pela mata atirando contra as pessoas que ali estavam.

Após o registro do B.O. os investigadores iniciaram as diligências que chegaram na motivação do crime, bem como na sua autoria. Levantou-se que infelizmente Divino teria falecido por engano, pois o alvo do atirador seria outra vítima que veio a ser alvejado, porém sobreviveu ao ataque.

Consta ainda na investigação que um dos suspeitos teria se envolvido numa briga com uma das vítimas numa chácara há aproximadamente 30 dias antes do crime e que por motivo de vingança, tal suspeito se dirigiu ao “Curvão” na companhia de seu pai e outro irmão, onde seu Genitor teria efetuado vários disparos de arma de fogo contra seu desafeto e outras pessoas, onde acabou ceifando a vida do Jovem Divino Lira, o qual sequer tinha rixa com os suspeitos, morrendo inocentemente.

Com os elementos em mãos, a Autoridade Policial representou pela Prisão Preventiva, bem como pela Busca e Apreensão, sendo devidamente deferida pelo Juiz da Comarca de Nova Xavantina e cumprida na tarde de segunda-feira (14), com a Prisão dos 3 suspeitos.

Os mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos na cidades de Nova Xavantina/MT e Campinápolis/MT e resultaram na apreensão de munições de calibre .22, calibre .38 (deflagradas), Calibre 32 Cartucho e calibre 12 cartucho.

No momento da prisão um dos suspeitos estava portando no bolso da calça, um revólver calibre .22 carregado com 7 munições intactas, juntamente com diversas munições do mesmo calibre guardadas em uma meia, uma vez que o armamento e a munição não possuem registro, sendo também lhe dada voz de prisão pelo crime de Porte Ilegal de arma de fogo.

Vale ressaltar que o suspeito de ser o atirador, já respondia em liberdade pelo crime de Homicídio na cidade de Campinápolis/MT, onde teria motivações semelhantes ao crime do “Curvão”, pelo fato de defender seu filho de discussões ou brigas com terceiros.

Os suspeitos, foram entregues na Delegacia de Polícia e agora responderão pelos crimes de Homicídio e Tentativa de Homicídio Qualificado, onde após passarem pelos procedimentos de praxe, seguirão para o presídio Major Zuzi Alves da Silva, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Por Araguaia Notícia com informações Ney Welinton do site Alô Xavantina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.