quinta-feira, 23 maio, 2024
Início Notícias Destaques Policiais desarticulam associação especializada em furtos na cidade de Querência e região

Policiais desarticulam associação especializada em furtos na cidade de Querência e região

QUERÊNCIA – A Polícia Civil de Mato Grosso, em parceira com a Polícia Civil de Goiás, deflagraram na terça-feira (14), a operação “Dominus Cecidit” visando desarticular uma associação criminosa especializada em furtos à estabelecimentos comerciais, cometidos no município de Querência e região.

Depol de Querência; Imagem – divulgação.

Cinco suspeitos foram presos por força dos mandados de prisões decretados pela juízo da Comarca de Querência, por furto qualificado e associação criminosa, cumpridos pelos policias civis dos municípios de Água Boa, Canarana e também do Estado de Goiás.

Um dos investigados estava com três ordens de prisões em abertas, e também foi autuado em flagrante por uso de documento falso. O prejuízo total causado pelos criminosos foi avaliado em cerca de R$ 300 mil.

LEIA MAIS – Polícia Militar apreende 40 kg de cocaína e prende dupla por tráfico de drogas em Cocalinho

As investigações coordenadas pela Delegacia de Polícia de Querência, iniciaram após várias ocorrências de furto em casas comerciais registradas na cidade. Em uma das lojas alvo foram subtraídos aproximadamente R$ 70 mil em produtos.

Durante as diligências apurou-se que os envolvidos furtavam as mercadorias, geralmente de depósitos, e despachavam por transportadora a partir de outra cidade próxima do local do fato, com intuito de dificultar o trabalho da polícia.

Ainda segundo verificado, as ações eram praticadas com os mesmos modus operandi, bem como a maioria dos suspeitos são de Goiânia, e proprietários de lojas onde eram revendidas as peças subtraídas.

Conforme o delegado de Querência, Rogério Gomes Rocha, nos últimos três dias os suspeitos retornaram à região, ocasião em que cometeram novos furtos, dentre eles em uma empresa transportadora de Água Boa, tendo então despachado as mercadorias em ônibus partindo de Canarana e Querência.

Diante dos indícios de autorias foram representados pelas prisões dos cinco investigados, sendo quatro deles presos em Querência. Um desses presos usava documento falso e contra o mesmo havia mais três mandados de prisão expedidos pela Justiça de Goiás.

“Um quinto suspeito foi preso em flagrante na cidade de Goiânia, quando recebia as mercadorias furtadas e enviadas pela empresa de ônibus”, destacou o delegado Rogério Gomes Rocha.

Com as prisões os suspeitos foram conduzidos, interrogados acerca dos fatos, e após as providências cabíveis foram transferidos para o Presídio de Água Boa, ficando à disposição do Poder Judiciário.

As investigações continuam visando identificar outros possíveis integrantes da associação criminosa.

Por Assessoria PJCMT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.