segunda-feira, 22 julho, 2024
20.1 C
Canarana
Início Notícias Destaques Com obras em fase final em Mato Grosso, ligação dos estados via...

Com obras em fase final em Mato Grosso, ligação dos estados via Cocalinho também receberá pavimento em Goiás

COCALINHO – A tão sonhada rota por Cocalinho rumo à Goiás e ao Distrito Federal, poderá ser uma realidade muito em breve para a região do Vale do Araguaia. Isso porque depois do Governo de Mato Grosso anunciar que está na fase final da pavimentação da MT-326 e da construção da ponte sobre o rio das Mortes, o Governo de Goiás acaba de publicar a licitação do trecho que ainda é de chão do lado de lá do rio Araguaia, o que irá encurtar em mais de 150 km o trajeto com Brasília, na comparação da rota via Barra do Garças.

Obras de pavimentação da MT-326 próximo à cidade de Cocalinho; Foto – OP.

Conforme publicação do dia 13 de dezembro, a Goinfra (Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes), informa sobre licitação para contratação de empresa de engenharia para execução das obras de pavimentação de pouco mais de 50 km da GO-454, no trecho entre o rio Araguaia, na divisa com Cocalinho, até a GO 164, que dá acesso a Goiânia e Brasília passando por Mozarlândia. A licitação acontecerá no da 17 de janeiro de 2022.

LEIA MAIS – Obras avançam e previsão é que ponte do Rio das Mortes estará concluída em seis meses

LEIA MAIS – Governador propõe RGA de 7% aos servidores, com data-base de pagamento em janeiro

Do lado mato-grossense, o Governo do Estado está investindo mais de 222 milhões de reais na pavimentação de 112 km da MT-326 entre Nona Nazaré o rio Araguaia, além da construção, até o momento, da maior ponte de concreto do Mato Grosso, com quase 500 metros de extensão, sobre o rio das Mortes. Conforme a Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), ao OPioneiro, ainda restam 20 km de asfalto no trecho, que devem ser conclusos no primeiro semestre de 2022. Já a ponte será entregue em abril do ano que vem.

Construção da ponte sobre o rio das Mortes; Foto – OP.

Por Rafael Govari para OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.