segunda-feira, 20 maio, 2024
Início Notícias Destaques Policial civil é baleado nas costas por dois suspeitos após sair para...

Policial civil é baleado nas costas por dois suspeitos após sair para caminhar em Barra do Garças

Um policial civil, de 35 anos, foi baleado por dois suspeitos, na noite dessa sexta-feira (15), no Bairro Nova Barra em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, o agente tinha saído para caminhar na Avenida Brasil quando os suspeitos fizeram os disparos. Os autores dos disparos ainda não foram encontrados pela polícia.

A Delegacia Regional de Barra do Garças informou que o policial foi submetido a um procedimento cirúrgico e o estado de saúde é estável. Uma força tarefa foi montada para apurar o caso. Todas as hipóteses sobre a motivação do crime serão investigadas.

Policial civil foi atingido por disparos de arma de fogo quando caminhava em Barra do Garças (MT) — Foto: Ruan Gabriel

Segundo a PM, as equipes foram até o local, mas a vítima já havia sido socorrida por um colega. Ele relatou que recebeu uma ligação da vítima avisando que tinha sido atingido quando fazia caminhada.

O colega levou o policial para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado ao Pronto Socorro.

A Polícia Militar também conversou com a esposa do policial e relatou que ele foi atingido por quatro disparos. Um deles acertou as costas da vítima. No momento em que caiu no chão, o policial sacou a pistola e efetuou em torno de 10 tiros contra os suspeitos. Depois, eles fugiram do local.

A esposa não soube informar se algum tio acertou os suspeitos.

De acordo com a Polícia Militar, todas as viaturas do municípios foram acionadas para dar apoio à ocorrência, fechando as principais rotas de fuga da cidade para tentar localizar e prender os suspeitos. Até o momento, as equipes não conseguiram encontrar os autores dos disparos.

Também foram acionadas as viaturas do município de Aragarças, em Goiás, já que a esposa do policial civil também é policial na cidade e estava trabalhando no momento em que o marido foi atingido.

A perícia técnica também se deslocou até o local do crime. A arma do policial civil estava com o colega.

Por g1 MT e TV Centro América.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.