sexta-feira, 3 dezembro, 2021
Início Notícias Destaques Projeto Makerspace vai preparar alunos da Rede Municipal de Canarana para profissões...

Projeto Makerspace vai preparar alunos da Rede Municipal de Canarana para profissões do futuro

CANARANA – Criar blogs, robôs, jogos e canais em plataformas digitais de vídeo e música, tudo isso dentro de um espaço pensado e, completamente transformado para ser um lugar criativo da chamada Educação 4.0. É com esta proposta de preparar os alunos para as profissões do futuro, que a Prefeitura de Canarana-MT quer implementar no município um projeto de educação pioneiro no Vale do Araguaia, conhecido como Makerspace, onde o aluno aprende fazendo.

Prefeito, secretário e vereadores reunidos em Cuiabá com representante do Instituto Besouro; Foto – OPioneiro.

No início do mês de novembro, o prefeito Fábio Faria, o secretário municipal de Educação Eduardo Ferreira, além dos vereadores Rafael Govari, Celsinho e Soni Porsch, se encontraram em Cuiabá com o presidente do Instituto Besouro de Fomento Social, Vinícius Mendes Lima, que desenvolve esse projeto, implementado inicialmente em Porto Alegre-RS, mas que se espalhou por mais de 60 cidades brasileiras e que no Mato Grosso já está em Primavera do Leste.

LEIA MAIS – Contêineres transformados em sala de aula começam a atender alunos da periferia de Porto Alegre

LEIA MAIS – Canarana e Cuiabá sediarão Festival Paralímpico Loterias Caixa 2021

O Makerspace é um contêiner climatizado de 43 metros quadrados que vira uma sala de aprendizagem repleta de recursos tecnológicos e recebe alunos no contra turno. Ele vem equipado com notebooks, celulares, TV de 50 polegadas, impressora 3D, drone, kit de robótica, caixa de som e mobiliário, onde os alunos tem aulas de literatura, artes cênicas, música, robótica, escultura, arquitetura, cinema, conectando com as disciplinas do ensino regular.

Makerspace vem com vários equipamentos tecnológicos, como drone; Imagem – Reprodução.

“Em Porto Alegre, os alunos que passaram pelo Makerspace, tiveram uma melhoria superior a 70% em matemática e português em relação aos alunos que não passaram. Hoje não basta somente falar sobre tecnologia se os alunos não tocarem nos equipamentos, ferramentas, praticarem, para mudar de verdade a forma de pensar e aguçar o desejo pela tecnologia”, disse Vinícius Mendes.

Conforme o prefeito Fábio Faria, o desejo da administração é atender todos os alunos das escolas municipais da cidade, com um contêiner por escola, além de disponibilizar um contêiner sobre rodas para fazer rodízio e também atender as escolas dos distritos. Se tudo der certo, a iniciativa será implementada já em 2022, se tornando a segunda cidade do Mato Grosso a oferecer o projeto a seus alunos.

Makerspace; Imagem – Reprodução.

“Nossa maior meta na atual gestão é fazer com que a educação de Canarana seja a melhor do Estado de Mato Grosso. Para alcançar isso, trabalhamos com a capacitação de professores, queremos reconstruir todas as escolas e também trazer projetos inovadores como o Makerspace, que fará um diferencial gigantesco na formação dos alunos”, disse Fábio Faria.

“Além de trabalhar esta educação 4.0, esse projeto será o carro chefe da recomposição dos conteúdos que ficaram fora da agenda de trabalho das unidades escolares devido a pandemia. Esse projeto, associado a outras ações da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, tem como foco minimizar os prejuízos na aprendizagem dos alunos da Rede Municipal no mais curto tempo”, complementa Eduardo Ferreira.

Por Rafael Govari para OPioneiro.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.