segunda-feira, 6 fevereiro, 2023
Início Notícias Destaques ‘Totalmente antidemocrático’, diz prefeito que foi afastado do cargo por Moraes após...

‘Totalmente antidemocrático’, diz prefeito que foi afastado do cargo por Moraes após participar de manifestações

    A pedido do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal (PF) prendeu na noite desta terça-feira, 6, um empresário que participava de uma manifestação em frente ao quartel general do exército em Brasília.

    Em discurso, Milton Bladin pediu a participação da população nos protestos. O empresário foi preso pela corporação nas proximidades do acampamento em um momento que se afastou do local. Além de mandar prender Milton, Moraes determinou de imediato o afastamento do prefeito de Tapurah, em Mato Grosso, Carlos Alberto Capeletti, que também teria participado das manifestações.

    Prefeito de Tapurah, Carlos Alberto Capeletti durante entrevista ao programa Os Pingos Nos Is

    A medida é válida inicialmente por 60 dias. O ministro determinou ainda que a Procuradoria-Geral do Estado instaure um inquérito contra o prefeito.

    Em entrevista nesta quarta-feira, 7, ao programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan, Carlos Alberto Capeletti comentou que a medida de Moraes é “totalmente antidemocrática”. “Não fui notificado ainda. Fiquei sabendo pelas redes sociais há pouco.

    Ontem tive uma notificação do Ministério Público do Mato Grosso, a qual diz que tenho 15 dias para prestar esclarecimento sobre os vídeos que andei fazendo. Me pegou de surpresa. O fato de uma atitude desse tamanho totalmente antidemocrático porque eu estava exercendo o meu papel de cidadão. Estava fazendo as manifestações, chamando as pessoas no que eu acredito que esse país precisa melhorar”, comentou.

    Por Jovem Pan.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.