segunda-feira, 6 fevereiro, 2023
Início Notícias Destaques Vereador que apontou arma para colega durante sessão de Câmara de Querência...

Vereador que apontou arma para colega durante sessão de Câmara de Querência é solto

    QUERÊNCIA – O vereador de Querência, Neriberto Erthal (PSC), que estava preso desde o dia 24 de março, por tentativa de homicídio contra o vereador Edimar Batista (PDT), durante sessão da Câmara Municipal, foi solto na sexta-feira (06) após decisão da Justiça.

    Foto: Chico Ferreira / Gazeta Digital

    Ele teve o pedido de habeas corpus concedido pelo juiz Thalles Nóbrega Miranda Rezende de Britto, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). Conforme o magistrado, o vereador terá que cumprir medidas cautelares e usar tornozeleira eletrônica.

    LEIA MAIS – Facção criminosa vinga morte de membro do Maranhão com assassinato em Querência

    Entre as medidas, o parlamentar não pode frequentar “lugares inapropriados”, como casa de prostituição, casa de jogos, e outros similares, não pode fazer contato com o vereador Edimar Batista e não pode fazer uso de bebidas alcoólicas ou outra substancia com efeito entorpecente.

    Vereador alega esquizofrenia e continua recebendo sem trabalhar

    Em abril, Neriberto apresentou um atestado médico alegando esquizofrenia e, pode isso, continua recebendo salário, mesmo não estando no cargo. O Legislativo municipal pagou o salário correspondente a 15 dias e, depois desse período, o vereador deve receber o benefício pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

    Relembre o caso

    Neriberto Erthal foi preso no dia 24 de março pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), em Cuiabá. Durante a sessão do dia 21 de março, Neriberto e Edimar discordaram e acabaram exaltando os ânimos, a ponto de Neriberto sacar uma arma e apontar para seu colega de Câmara.

    Por João Aguiar/Repórter-MT com Redação OP.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.