sábado, 25 setembro, 2021
Início Notícias Destaques Em Canarana, Polícia Militar inicia visita à fazendas para posterior implantação de...

Em Canarana, Polícia Militar inicia visita à fazendas para posterior implantação de Patrulha Rural

CANARANA – A 5º Companhia Independente de Policia Militar de Canarana iniciou há 15 dias, um trabalho de visita à fazendas num raio de aproximadamente 20 km da cidade. A iniciativa é coordenada pelo Ten. Coronel Flávio Diniz, recém empossado comandante da companhia e é o primeiro passo para a futura implantação da Patrulha Rural.

LEIA MAIS – Policia Militar de Canarana-MT tem novo Comandante

LEIA MAIS – Furtos de defensivos em Canarana – MT não param

Conforme Diniz, o objetivo é mapear as fazendas e levantar pontos de apoio. “Estamos mapeando as fazendas para identificar onde teremos ponto de apoio em caso de furtos ou roubos […] Para combater o novo cangaço (assaltos em bancos), furtos de defensivos e de gado”, disse.

O comandante explicou que todo o dia a guarnição visita uma fazenda. “Por ter só uma viatura, nós estamos indo nas fazendas mais próximas, num raio de 20 km, onde pegamos o nome do proprietário, telefone e mapeamos as rotas”, acrescentou.

Além do mapeamento, o Ten. Coronel disse que as visitas também tem por objetivo de aproximar dos produtores e moradores do interior. “Uma visita comunitária, porque muitas vezes a polícia fica ausente da área rural. Por isso queremos estreitar os laços com os produtores”, complementa.

Diniz quer, na sequência, implantar a Patrulha Rural, que disponibilizará viaturas e efetivo para rodar pelo interior de dia e de noite. Porém, é preciso levantar recursos para bancar as despesas com veículos e os profissionais, que atuarão quando estiverem de folga. “A ideia é de implantar o patrulhamento rural junto com o Sindicato Rural”, disse.

O presidente do Sindicato Rural, Alex Wisch, lançou uma ideia para que cada produtor contribua com alguns centavos todo o mês por hectare que planta. “Se conseguirmos a adesão de 100.000 hectares de lavoura no município em um valor de R$ 0,25, teremos um montante de R$ 25.000,00 por mês para custear essas diárias, assim como eventuais reparos na viatura”, explicou. O investimento compensa porque os furtos de gado e de defensivos agrícolas somam prejuízos de milhões de reais todos os anos para os produtores.

A Prefeitura Municipal também já vem repassando o valor superior de 12 mil reais por mês para o Conseg (Conselho de Segurança da Comunidade), que auxilia nas pequenas despesas e no trabalho das polícias Militar e Civil em Canarana, sendo o maior valor repassado dentro do Estado de Mato Grosso.

A instalação de câmeras nas saídas da cidade e nas sedes das fazendas também auxiliará a polícia no combate e também inibirá a ação criminosa. Uma emenda parlamentar que será destinada em 2021, possibilitará a instalação das primeiras câmeras de monitoramento inteligentes na cidade, através de um estudo já feito pela Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Por Rafael Govari para OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.