terça-feira, 6 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Em operação, PF faz buscas na Prefeitura de Confresa

Em operação, PF faz buscas na Prefeitura de Confresa

CONFRESA – A Polícia Federal, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (12/08), a quarta fase da Operação Tapiraguaia, que apura desvio de recursos e fraude licitatória, além de corrupção ativa e passiva, em prefeituras do Vale do Araguaia. Nesta quarta fase, estão sendo alvos a prefeitura de Confresa (a 1.165 km de Cuiabá) e as secretarias de Saúde e Educação.

A Tapiraguaia é uma investigação conjunta entre a PF de Barra do Garças, Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria-Geral da União (CGU), que tem como uma das funções zelar pelo bom uso de verbas públicas. Além de esquemas com dinheiro da Saúde e Educação, a investigação também detectou irregularidades no uso de verbas para melhorar infraestrutura rural na região.

Prefeitura de Confresa
Foto: Olhar Alerta

O ex-prefeito de Confresa, Gaspar Lazzari (PSD), e de Serra Nova Dourada (a 1.015 km de Cuiabá),  Edson Yukio Ogatha, estão entre os alvos da primeira fase da operação, deflagrada em 30 de janeiro de 2019, e foram denunciados pelo MPF entre 24 envolvidos.

Na segunda fase da Tapiraguaia, deflagrada em agosto do ano passado, ex-deputado Valtenir Perreira (MDB) foi alvo de busca e apreensão. Ele e outros acusados de fazer esquema com dinheiro repassado para recuperação de cidades atingidas pelas chuvas. Foram presos o ex-prefeito de Confresa, Gaspar Lazzari (PSD), e o assessor parlamentar Marcelo Luiz Faustino.

A terceira fase é de 17 de junho deste ano e complicou ainda mais o ex-prefeito de Serra Nova Dourada Edson Yukio Ogatha, denunciado pelo MPF pelo suposto recebimento de propina.

Conforme apurou o RD News, esta quarta fase da Tapiraguaia é a última da investigação que desarticulou esquema milionário. Ao todo, 50 policiais federais cumprem 23 mandados de busca e apreensão, seis medidas cautelares de afastamento de função pública e três medidas cautelares de proibição de contratar e de renovar contrato com a administração pública.

Por RDNews.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.