terça-feira, 9 agosto, 2022
InícioNotíciasDestaquesRelatório da Águas Canarana traz informações sobre qualidade da água

Relatório da Águas Canarana traz informações sobre qualidade da água

Já está disponível para consulta dos clientes da Águas Canarana, operação do Grupo Iguá, o Relatório Anual de Qualidade (clique AQUI ). O documento traz os resultados do trabalho de monitoramento da concessionária atestando a potabilidade da água na cidade. De janeiro a dezembro de 2021, a companhia, tratou e distribuiu nas redes públicas de abastecimento aproximadamente dois milhões de metros cúbicos de água. São números que se tornam ainda mais impressionantes, levando em consideração que cada metro cúbico equivale a 1 mil litros de água.

Para assegurar a qualidade do recurso hídrico que chega às torneiras dos clientes, a Águas Canarana conta com equipe técnica qualificada, laboratórios independentes e acreditados pelo Inmetro, demonstrando o compromisso da empresa com a população, por meio da prestação de serviços. A companhia realizou 18.384 mil análises físico-químicas e bacteriológicas.

“Temos como um dos pilares de atuação a eficiência nos processos de captação, produção e distribuição. Para, além de suas aplicações no preparo de alimentos, higiene pessoal, lavagem de roupas, carros ou para lazer, a água é um bem essencial para a vida. Nosso compromisso é garantir a qualidade do produto que chega até à casa dos consumidores dentro dos padrões de potabilidade definidos pelo Ministério da Saúde”, reforça o diretor operacional da Águas Canarana, Christopher Alves.

Para esclarecer as principais dúvidas da população, confira as perguntas respondidas abaixo pela companhia:

1 – De onde vem a água que sai das nossas torneiras?

O abastecimento de Canarana vem do rio Tanguro. A captação bruta é feita por sistema de bombeamento chegando até à Estação de Tratamento de Água (ETA).

2 – Como acontece o tratamento da água?

A água bruta, aquela captada do rio, chega até à Estação de Tratamento de Água (ETA). Em seguida, é realizada a coagulação, um processo químico e físico em que partículas de sujeira muito pequenas começam a se atrair e separar da água. Por meio de agitação começam a formar pequenos flocos, na etapa chamada de Floculação. Durante a Decantação, os flocos formados sedimentam-se para o decantador e na Filtração, as partículas e impurezas que passaram das fases anteriores são retidas nos filtros. As etapas finais são a Desinfeção com cloro para eliminar micro-organismos e garantia da qualidade e Fluoretação, que adiciona flúor para a redução da incidência de cárie dentária. A água é então armazenada e distribuída pela rede à população.

3 – Depois de tratada, existe um controle para verificar a qualidade?

Sim. Em 2021, a Águas Canarana realizou mais de 18 mil análises físico-químicas e bacteriológicas para avaliar a qualidade da água. As amostras coletadas são examinadas em laboratórios independentes e acreditados, com todos os equipamentos técnicos necessários, dentro das normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde. Conforme disciplinam as portarias do Ministério, ao consumo humano deve ser assegurada água potável, fonte para a ingestão, preparação e produção de alimentos e higiene pessoal.

De acordo com os resultados obtidos pela Águas Canarana, o recurso no município está dentro dos padrões de potabilidade exigidos pelos órgãos reguladores, sem riscos à saúde.

4 – A água que é distribuída em Canarana pode ser consumida direto da torneira?

Sim. Ela é própria para consumo, seguindo todas as exigências legais de qualidade.

5 – O que fazer quando identificar alteração na cor, gosto ou odor?

A primeira atitude é evitar o consumo e entrar em contato diretamente com a concessionária por meio dos canais de atendimento, disponíveis 24 horas, sendo eles o 0800 400 0508 WhatsApp (65) 9 9972 8983. Além disso, o cliente também deverá fechar o registro do cavalete. Seguindo recomendações do Ministério da Saúde, a Águas Canarana também orienta aos clientes que procedam com a limpeza da caixa a cada seis meses. Tal medida auxilia na prevenção da contaminação por germes, bactérias, vírus, entre outros poluentes.

Por Assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.