quinta-feira, 11 agosto, 2022
Início Notícias Destaques Efeito home office: venda de celulares e aparelhos de informática dispara

Efeito home office: venda de celulares e aparelhos de informática dispara

O trabalho remoto e as aulas pela internet estão na rotina de brasileiros e pessoas ao redor do mundo. A “nova” maneira de trabalhar e estudar refletiu na venda de celulares e equipamentos de informática. Em um shopping de Cuiabá, a procura pelos aparelhos cresceu 60%.

Se adequar é a melhor maneira de descrever o aumento no consumo desses equipamentos. Segundo a IDC Brasil, 1,4 milhão de novos equipamentos foram vendidos no Brasil. Nas lojas, os consumidores buscam celulares e equipamentos mais modernos, com maior capacidade de armazenamento, qualidade de som e imagem, e velocidade.

 

Além de trabalho, estudos, lazer e entretenimento tiveram de ser adaptados e incluiu mais tecnologia no dia a dia das pessoas. Acessórios como fones de ouvido, microfones e webcam estão entre os itens mais procurados.

Em uma das lojas do Shopping Pantanal em Cuiabá, a procura por notebooks, tablet e impressoras cresceu 50% em comparação a um período habitual. “Muitos vêm em busca de equipamentos porque estão em home office e precisam fazer muitas reuniões virtuais. Quem tem filhos na escola também teve de providenciar equipamentos para eles assistirem às aulas online”, conta a gerente Társila Enders.

Além de aparelhos mais potentes, os consumidores precisaram ampliar seus planos de telefonia e internet, para trabalhar e curtir os momentos de folga em casa assistindo a conteúdos oferecidos por empresas de streaming.

celular smartphone
Foto: OPioneiro

Em outra loja, o produto mais vendido é um combo que une internet, telefone fixo e móvel além de TV por assinatura. “As pessoas estão ficando mais em casa e querem internet e TV, para ter mais opções de canais para assistir”, conta a gerente.

Por OLivre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.