domingo, 14 agosto, 2022
Início Futilidade do Dia Quem foram Bonnie e Clyde? - Futilidade do dia

Quem foram Bonnie e Clyde? – Futilidade do dia

Talvez Bonnie e Clyde seja o casal criminoso mais famoso dos Estados Unidos. Sua história já foi tema de musicas, filmes, séries e livros. Bonnie e Clyde tinham uma paixão pelo crime que só era superada pela paixão um pelo outro. Mas porque o casal ficou tão famoso?

Após uma infância pobre no estado do Texas, e de um primeiro casamento prematuro, Bonnie Parker conheceu aos 20 anos, em seu trabalho como garçonete, o homem que viria a ser seu parceiro no crime: Clyde Barrow. Clyde cresceu no estado do Kansas e praticou pequenos furtos desde a adolescência. Foi preso pela primeira vez aos 17 anos.

Bonnie Parker posa com seu parceiro Clyde Barrow, em 1932 Getty Images
Bonnie Parker posa com seu parceiro Clyde Barrow, em 1932 / Getty Images

Em 1930, o casal ficou junto pela primeira vez, mas tiveram o romance interrompido por outra prisão de Clyde, que se envolveu em um roubo de carro. Reencontraram-se novamente em 1932 e deram início a uma vida de crimes juntos. Só neste ano, a gangue criminosa, composta principalmente por adolescentes, mataram cinco pessoas. Realizavam, com frequência, assaltos a pequenas lojas e furtavam carros.

Os anos de 1933 e 1934 foram marcados por assassinatos de autoridades locais, o que obrigava que a quadrilha permanecesse em uma constante fuga. A lista de crimes, ainda incluía mais de 100 assaltos, dentre eles, 12 assaltos a bancos.

A caçada final do casal de criminosos foi impulsionada pela fuga de dois ex-membros da gangue, que em sua escapada da cadeia causou a morte de um oficial de polícia. A partir de então, o estado do Texas se juntou ao governo federal para dar um fim à carreira de Bonnie e Clyde.

Em 23 de maio de 1934, autoridades texanas mapearam o padrão de rota da Gangue de Barrow e conseguiram prever onde a quadrilha iria estar. A equipe montou uma emboscada ao longo da Rodovia Estadual, em Louisiana.

Aproximadamente, às 9h:15 da manhã daquele dia, o carro de Barrow apontou em uma estrada rural na paróquia de Bienville. Os policiais abriram fogo e atiraram cerca de 130 vezes contra o veículo. O primeiro a morrer foi Clyde, com um tiro fatal na cabeça. Pesquisadores afirmam que o casal foi baleado mais de 50 vezes cada um.

Por OPIoneiro, com informações de Aventuras da História.

(Imagem Museu de Dallas)
O Carro de Bonnie e Clyde com as marcas das balas que os atingiram. (Imagem: Museu de Dallas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.