sexta-feira, 9 dezembro, 2022
Início Notícias Destaques Setor hoteleiro de Canarana/MT está tendo retomada gradativa

Setor hoteleiro de Canarana/MT está tendo retomada gradativa

Um dos setores mais afetados com a pandemia do novo coronavírus no país foi o setor hoteleiro. Apesar dos hotéis de Canarana/MT não terem grande movimento de turistas, a diminuição das viagens à trabalho ao município diminuíram e consequentemente, impactaram o setor. Depois de uma queda de aproximadamente 40% no número de hóspedes, setor hoteleiro de Canarana vem se recuperando aos poucos. 

A maior parte das pessoas que se hospedam no município são funcionários de grandes empresas. Conforme Moacir Filho, o fluxo de hóspedes do Hotel Tangará começou a ser afetado depois de 20 a 30 dias que iniciou a pandemia no país, registrando uma queda de aproximadamente 40%. O que justifica, é que a maioria dos hóspedes do hotel, “são representantes que vêm até a cidade para vender. Então como essas indústrias de fora pararam, esses representantes deixaram de vir para cá”. 

Setor hoteleiro

Segundo Moacir Filho, houve “uma queda e uma parada, a situação tem voltado aos poucos, mas não 100%. O ritmo que estávamos tendo antes, estava muito bom. Anteriormente, a gente trabalhava com 90 a 100% da capacidade de ocupação, agora gira em torno de 75 a 80%, o que vem variando bastante”. Apesar do segmento estar melhorando economicamente, pode demorar algum tempo para retornar completamente o bom funcionamento do setor hoteleiro, uma vez que os hóspedes vem de fora do município e a situação no país ainda não se estabilizou.

Em outros hotéis do município, a situação não foi muito distinta. Segundo Jean Strapasson, proprietário do Hotel Ypê Comfort, “a princípio quando iniciou a pandemia, com certeza os hotéis foram afetados. Até os 15 primeiros dias, a gente resolveu fechar, porque era totalmente inviável deixar aberto”. Jean explica, “nossos clientes são praticamente 80% de empresas. Com o home office estabelecido por essas empresas, principalmente das capitais, o pessoal não estava viajando”. Com o tempo, a situação do setor hoteleiro do município foi melhorando, “nos últimos 30 dias melhorou um pouquinho e estamos quase dentro da normalidade. Ainda não está 100% completo, mas acredito que isso só a partir do ano que vem que vai voltar ao normal”, disse Strapasson.

Por Vitória Kehl Araujo, para o OPioneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.