segunda-feira, 15 julho, 2024
28.8 C
Canarana
Início Notícias Destaques Três são presos por tráfico de drogas durante investigação para apurar um...

Três são presos por tráfico de drogas durante investigação para apurar um estelionato em Nova Xavantina

    NOVA XAVANTINA – Três jovens envolvidos em ações criminosas cometidas no município de Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá), foram presos pela Polícia Civil, na tarde de quarta-feira (16.03), durante investigação para esclarecer um estelionato.

    Um suspeito de 22 e dois de 19 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação.

    As diligências iniciaram logo após a Delegacia de Polícia de Nova Xavantina ser comunicada sobre uma ocorrência de estelionato, aplicada na modalidade conhecida como “PIX Falso”.

    Foto: PJC

    Conforme relato da vítima, o golpista fez compras em um supermercado da cidade no valor de pouco mais de R$ 1,1 mil, e como pagamento apresentou um comprovante de transferência bancária falso.

    Os policiais civis passaram a apurar os fatos e com a informação do endereço de entrega da compra, constatou-se que o local situado no bairro Verdes Campos, era ponto suspeito de venda de drogas.

    Ato contínuo a equipe foi até a casa onde os produtos haviam sido entregues, e abordaram os três jovens. No interior da casa foram localizadas várias porções de pasta base de cocaína, balança de precisão, além da quantia de R$ 1,6 mil em dinheiro.

     

    O trio foi encaminhado junto com todo material apreendido para a Delegacia de Polícia. Os conduzidos foram interrogados e atuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação. Após a confecção dos autos, os presos ficaram à disposição da Justiça.

    De acordo com o delegado Raphael Diniz Garcia, há indícios de que um dos envolvidos teria aplicado outro golpe semelhante a uma loja em Nova Xavantina, comprando várias roupas com um PIX falso.

    “A Polícia Civil orienta o vendedor que for receber o pagamento via PIX, confirme a entrada do dinheiro na conta, pois indivíduos mal intencionados fazem a tal transferência por meio de agendamento e depois cancelam, causando prejuízo aos comerciantes e pessoas físicas”, destacou Raphael Diniz Garcia.

     

    Por Assessoria | Polícia Civil-MT.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.