domingo, 10 dezembro, 2023
Início Notícias Destaques Fotógrafo registra amizade entre cachorros e animais silvestres em Terra Indígena do...

Fotógrafo registra amizade entre cachorros e animais silvestres em Terra Indígena do Xingu

    Latidos e grasnados que até poderiam parecer uma briga, mas revelam uma amizade genuína. É o que mostram as imagens feitas pelo fotógrafo Gabriel Villas Boas, quando visitou Terras Indígenas no Alto Xingu, em Mato Grosso: a Aldeia Kamaiurá, em Canarana, e a Aldeia Kisêdjê, em Querência.

    Cachorro e arara interagem em aldeia indígena em MT – Foto: Gabriel Villas Boas/Cedida

    Um dos registros mais fofos foi feito quando Gabril se preparava para deixar a Aldeia Kamaiurá. Em um passeio, ele se deparou com uma arara no alto de uma oca e um cachorro, embaixo, agitado e latindo para ave, que desceu do telhado. Para a surpresa dele, a dupla começou a brincar.

    “Foi engraçado e trouxe uma sensação de como eles estavam livres, de como essa liberdade na natureza é tão pura que propicia isso: uma interação entre diferentes espécies, como amigos. Deu uma sensação de quão puro era aquele lugar em que estávamos”, afirmou.

    Quando ele visitou a Aldeia Kisêdjê, outra cena inusitada saltou aos olhos. Um macaco agarrado nas costas de uma cadela para pegar “carona” até outro ponto da comunidade. Segundo Gabriel, os dois viviam juntos, andando para todo lado, mas existia uma “troca”, como relembra:

    “Uma carona por um cafuné. Ali era uma relação de mãe e filho: ele agarrado nela. Onde ela ia, ele estava nas costas dela”.

    Cadela dá ‘carona’ para macaco em aldeia indígena em MT – Foto: Gabriel Villas Boas/Cedida

    Desde pequeno, Gabriel costuma visitar as comunidades indígenas e, quando se formou em audiovisual, passou a fazer esses registros, tanto em foto como em vídeo.

    Do outro lado da aldeia onde flagrou a amizade entre o macaco e a cadela, outra cena chamou atenção dele: mais um cachorro provocava um animal silvestre, mas, desta vez, era um filhote de porco-do- mato. Eles brincavam em meio ao trabalho das mulheres indígenas e, pouco depois, um papagaio também apareceu para ajudar na bagunça.

    Cachorro e porquinho-do-mato brincam em aldeia em MT – Foto: Gabriel Villas Boas/Cedida

    Por Rogério Júnior, g1 MT.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.